English version
N.º 7
2008
pp. 21-28

 

< Anterior Seguinte >

Artigo
Desenvolvimento de argamassas de cal para reparação de revestimentos azulejares de edifícios históricos da cidade de Ovar, Portugal

B. Teixeira1,*, C. Valente1, A. L. Velosa2, M. R. Veiga3, I. M. Ferreira4

1 Civil Engineer, University of Aveiro, Aveiro, Portugal

2 PhD/Auxiliar Professor, University of Aveiro, GeoBioTech, Aveiro, Portugal

3 PhD/Main Investigator, National Laboratory of Civil Engineering, Lisboa, Portugal

4 Msc/Archeologist, Atelier de Conservação e Restauro do Azulejo (ACRA), Porto, Portugal

* miguelteixeira@ua.pt

Resumo

Portugal é um dos países europeus em que o património construído é um testemunho da sua história. Neste contexto, o legado relativo aos azulejos de revestimento de fachada necessita de ser preservado. A investigação desenvolvida foi dedicada à conservação destas fachadas na cidade de Ovar, considerada exemplar devido à riqueza do seu património azulejar, do qual uma percentagem considerável necessita de acções de intervenção profundas. Por este motivo, o trabalho desenvolvido focou-se no estudo das argamassas de assentamento para este tipo de fachadas. De forma a permitir o estudo das argamassas antigas, foram retiradas várias amostras de argamassa de diversos edifícios da cidade. Estas amostras foram ensaiadas para determinar as suas características físicas e mecânicas com o objectivo de produzir argamassas compatíveis, passíveis de aplicação em casos de destacamento dos revestimentos azulejares nestes edifícios e, de uma forma geral, em fachadas azulejadas. Com este objectivo, quatro formulações de argamassas de cal, com diferentes traços volumétricos, foram efectuadas. Os agregados utilizados foram areia de rio siliciosa e uma areia local (saibro). Em três destas composições foi adicionado metacaulino, para que actuasse como uma pozolana artificial, melhorando o desempenho destas argamassas. A utilização de adições pozolânicas promove o endurecimento de argamassas de cal nos casos em que o ingresso de dióxido de carbono é baixo como é o caso de argamassas de assentamento localizadas sob uma camada de azulejo. Relativamente a estas argamassas, foram efectuados ensaios laboratoriais para testar as suas características físicas e mecânicas. Como características mecânicas, foi determinado o módulo de elasticidade utilizando duas metodologias diferentes, assim como a resistência à flexão e compressão. A determinação de características físicas incidiu na determinação da permeabilidade ao vapor de água, na absorção de água por imersão e na absorção de água por capilaridade. Verificou-se uma melhoria do comportamento mecânico (resistência à flexão e compressão) de argamassas com adição de pozolana. De forma similar verificou-se um valor mais elevado para o módulo de elasticidade destas argamassas. O comportamento destas argamassas relativamente à absorção de água revelou-se adequado. As argamassas testadas revelaram características apropriadas para a aplicação na conservação de edifícios no caso de utilização como argamassas de assentamento para revestimentos azulejares.

Palavras-chave

Conservação
Azulejos
Argamassas de cal
Adições pozolânicas

Idioma

Inglês

Título original

Development of lime based mortars for repairing glazed tile coatings of historic buildings in the city of Ovar, Portugal

DOI

10.14568/cp7_3

Download

PDF | Material adicional

Importar referência

RIS | Endnote

Citação

Conservar Património | APA | Chicago | NP405 | ABNT

Conservar Património:
Teixeira, B.; Valente, C.; Velosa, A. L.; Veiga, M. R.; Ferreira, I. M., 'Development of lime based mortars for repairing glazed tile coatings of historic buildings in the city of Ovar, Portugal', Conservar Património 7 (2008) 21-28, https://doi.org/10.14568/cp7_3.

APA:
Teixeira, B., Valente, C., Velosa, A. L., Veiga, M. R., & Ferreira, I. M. (2008). Development of lime based mortars for repairing glazed tile coatings of historic buildings in the city of Ovar, Portugal. Conservar Património, 7 21-28. DOI:10.14568/cp7_3.

Chicago:
Teixeira, B., C. Valente, A. L. Velosa, M. R. Veiga, and I. M. Ferreira. 2008. "Development of lime based mortars for repairing glazed tile coatings of historic buildings in the city of Ovar, Portugal." Conservar Património 7:21-28. doi:10.14568/cp7_3.

NP405:
TEIXEIRA, B. [et al.] – Development of lime based mortars for repairing glazed tile coatings of historic buildings in the city of Ovar, Portugal. Conservar Património. [Em linha]. 7 (2008) 21-28 [Consult. ]. Disponível em WWW: <URL:https://doi.org/10.14568/cp7_3>. ISSN 21829942.

ABNT:
TEIXEIRA, B. et al. Development of lime based mortars for repairing glazed tile coatings of historic buildings in the city of Ovar, Portugal. Conservar Património, Lisboa, v. 7, p. 21-28, 2008. Disponível em: <https://doi.org/10.14568/cp7_3>. Acesso em: .

História

Online: 2017-10-3
Publicação: 2009-6-2

Referências

1 Veiga, M. R.; Aguiar, J.; Santos Silva, A., Carvalho, F, Conservação e Renovação de Revestimentos de Paredes de Edifícios Antigos, LNEC, Lisboa (2004).

2 Ferreira, M. I., 'Revestimentos Azulejares Oitocentistas de Fachada em Ovar. Contributos para uma metodologia de conservação e restauro', MSc dissertation, Universidade de Évora (2007).

3 Moropoulou, A.; Bakolas, A.; Moundoulas, P.; Kopoulou, E.; Anagnostopolou, S., 'Strength development and lime reaction in mortars for repairing historic masonries', Cement & Concrete Composites 27 (2005) 289-294.

4 CEN, EN 1015-19, Methods of test for mortar for masonry, Part 19: Determination of water vapour permeability of hardened rendering and plastering mortars, CEN, Brussels (1998).

5 Veiga, M., 'Comportamento de argamassas de revestimento de paredes. Contribuição para o estudo da sua resistência à fendilhação', PhD dissertation, Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (1998).

6 Veiga, M.; Velosa, A.; Magalhães, A., 'Evaluation of mechanical compatibility of renders to apply on old walls based on a restrained shrinkage test', Materials and Structures 40(10) (2006) 1115-1126.

Endereço persistente: https://doi.org/10.14568/cp7_3


< Anterior Seguinte >
ARP | Associação Profissional de Conservadores-Restauradores de Portugal