English version
N.º 5
2007
pp. 67-83

 

< Anterior Seguinte >

Artigo
Em busca da imagem original: Luciano Freire e a teoria e a prática do restauro de pintura em Portugal cerca de 1900

António João Cruz

Departamento de Arte, Conservação e Restauro, Escola Superior de Tecnologia de Tomar, Estrada da Serra, 2300-313 Tomar

ajcruz@netvisao.pt

Resumo

A partir de afirmações fragmentárias que se encontram em diversos textos, especialmente num relatório de natureza memoralística escrito na década de 1930, pretende-se reconstituir, tanto quanto possível, a teoria e a prática do restaurador Luciano Freire (1864-1934), que interveio em muitas das mais importantes pinturas dos museus portugueses. De acordo com as suas palavras, essas intervenções justificaram-se sobretudo pelos danos que os restauradores do passado causaram às pinturas, quer através de repintes, as situações mais frequentes, quer através de limpezas, as situações piores, e pelos danos devidos às condições a que as obras foram expostas. Tiveram como objectivo geral a recuperação da imagem original. Em princípio, Luciano Freire era adepto da limpeza completa de sujidades e vernizes e remoção de retoques e repintes, tal como era feito na National Gallery, em Londres, mas na prática admitia que não fossem levantados os retoques e repintes bem realizados e em bom estado. Considerava que as lacunas devem ser integradas e, dividido entre a recuperação da imagem original e o respeito pela obra original, geralmente acabava por considerar que os retoques miméticos só podem ser realizados quando há vestígios suficientes para servirem de guia. Portanto, o retoque tem limites que, no entanto, reconhece, ultrapassou algumas vezes. Embora não tenha usado a radiografia, atribuía grande importância à documentação das suas intervenções, quer através da fotografia, quer através de outros meios.

Palavras-chave

Restauro
Conservação
Pintura
Repinte
Retoque
Portugal

Idioma

Português

DOI

10.14568/cp5_4

Download

PDF

Importar referência

RIS | Endnote

Citação

Conservar Património | APA | Chicago | NP405 | ABNT

Conservar Património:
Cruz, A. J., 'Em busca da imagem original: Luciano Freire e a teoria e a prática do restauro de pintura em Portugal cerca de 1900', Conservar Património 5 (2007) 67-83, https://doi.org/10.14568/cp5_4.

APA:
Cruz, A. J. (2007). Em busca da imagem original: Luciano Freire e a teoria e a prática do restauro de pintura em Portugal cerca de 1900. Conservar Património, 5 67-83. DOI:10.14568/cp5_4.

Chicago:
Cruz, António João. 2007. "Em busca da imagem original: Luciano Freire e a teoria e a prática do restauro de pintura em Portugal cerca de 1900." Conservar Património 5:67-83. doi:10.14568/cp5_4.

NP405:
CRUZ, António João – Em busca da imagem original: Luciano Freire e a teoria e a prática do restauro de pintura em Portugal cerca de 1900. Conservar Património. [Em linha]. 5 (2007) 67-83 [Consult. ]. Disponível em WWW: <URL:https://doi.org/10.14568/cp5_4>. ISSN 21829942.

ABNT:
CRUZ, António João. Em busca da imagem original: Luciano Freire e a teoria e a prática do restauro de pintura em Portugal cerca de 1900. Conservar Património, Lisboa, v. 5, p. 67-83, 2007. Disponível em: <https://doi.org/10.14568/cp5_4>. Acesso em: .

História

Online: 2017-10-3
Publicação: 2007-12-18

Referências

1 Carvalho, J. A. S., 'Pinturas antes do restauro: Provas fotográficas do espólio de Luciano Freire', in 40 Anos do Instituto José de Figueiredo, ed. R. F. Silva, N. Escobar, A. Pais, Instituto Português de Conservação e Restauro, Lisboa (2007) 97-117.

2 Couto, J., 'A cabeça do santo no 'Painel do Infante', Boletim dos Museus Nacionais de Arte Antiga 3(9-10) (1944) 38.

3 Freire, L., 'Elementos para um relatorio acerca do tratamento da pintura antiga em Portugal', Conservar Património 5 (2007) 9-65, https://doi.org/10.14568/cp5_3.

4 Carvalho, J. A. S., 'Os trabalhos de Luciano Freire por ele próprio: Nota introdutória à edição de um relatório de um restaurador de pintura do início do século XX', Conservar Património 5 (2007) 5-8, https://doi.org/10.14568/cp5_2.

5 Freire, L., Memórias, manuscrito, Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa (1914).

6 Santos, L. R., 'Os Processos Científicos no Estudo e na Conservação da Pintura Antiga', in Conferências da Liga Portuguesa de Profilaxia Social (4.ª série), Imprensa Social, Porto (1939) 251-302.

7 Gonçalves, A. M., Do Restauro dos Painéis de São Vicente de Fóra, Amigos do Museu de Arte Antiga, Lisboa (1960).

8 Leandro, S., 'Invisíveis e Intangíveis nos Estudos de Arte: João Couto e o Laboratório Científico', in 40 Anos do Instituto José de Figueiredo, ed. R. F. Silva, N. Escobar, A. Pais, Instituto Português de Conservação e Restauro, Lisboa (2007) 65-81.

9 Bomford, D.; Leonard, M., Issues in the Conservation of Paintings, The Getty Consevation Institute, Los Angeles (2004).

10 Marijnissen, R. H.; Kockaert, L., Dialogue avec l'Oeuvre Ravagée Aprés 250 Ans de Restauration, Fonds Mercator, Antwerp (1995).

11 Macarrón Miguel, A. M., Historia de la Conservación y la Restauración desde la Antigüedad hasta el Siglo XX, 2.ª ed., Tecnos, Madrid (2002).

12 Plesters, J., 'Bibliography', in The Cleaning of Paintings. Problems and Potentialities, ed. H. Ruhemann, Frederick A. Praeger, New York (1968) 361-481.

13 Martínez Justicia, M. J., Historia y Teoría de la Conservación y Restauración Artística, 2.ª ed., Tecnos, Madrid (2001).

14 Conti, A., Storia del restauro e della Conservazione delle Opere d'Arte, Electa, Milano (2002).

15 Darrow, E. J., Pietro Edwards and the restoration of the public pictures of Venice, 1778-1819: Necessity introduced these arts, University of Washington (2000).

16 Keck, S., 'Some picture cleaning controversies: past and present', Journal of the American Institute for Conservation 23(2) (1984) 73-87.

17 Déon, H., De la Conservation et de la Restauration des Tableaux, Chez Hector Bossange, Paris (1851).

18 Mogford, H., Hand-book for the Preservation of Pictures, 3.ª ed., Winsor and Newton, London (1851).

19 Secco-Suardo, G., Manuale Ragionato per la Parte Meccanica dell'Arte del Ristauratore dei Dipinti, Tipografia di Piero Agnelli, Milano (1866).

20 Bonsanti, G.; Ciatti, M., Ulisse Forni, Manuale del Pittore Restauratore. Studi per la nuova edizione, Edifir, Firenze (2004).

21 Ruskin, J., The Seven Lamps of Architecture, Smith, Elder, and Co., London (1849).

22 Macedo, M., Restauração de Quadros e Gravuras, David Corazzi, Editor, Lisboa (1885).

23 Cruz, A. J., 'Imagens perdidas, imagens achadas: pinturas reveladas pelos raios X no Instituto José de Figueiredo', in Actas do Simpósio Comemorativo do Centenário da Descoberta dos Raios X, Universidade de Coimbra, Coimbra (1996) 83-103.

24 Rodrigues, P. S., 'Da História da Conservação e do Restauro: Das Origens ao Portugal Oitocentista', in 40 Anos do Instituto José de Figueiredo, ed. R. F. Silva, N. Escobar, A. Pais, Instituto Português de Conservação e Restauro, Lisboa (2007) 17.

25 Saldanha, N., 'O restauro e conservação de pinturas. Contributos para o seu estudo', in Artistas, Imagens e Ideias na Pintura do Século XVIII. Estudos de iconografia, prática e teoria artística, Livros Horizonte, Lisboa (1995) 81-87.

26 Serrão, V., '«Renovar», «repintar», «retocar»: estratégias do pintor-restaurador em Portugal, do século XVI ao XIX. Razões ideológicas do iconoclasma destruidor e da iconofilia conservadora, ou o conceito de «restauro utilitarista» versus «restauro científico»', Conservar Património 3-4 (2006) 53-71, https://doi.org/10.14568/cp3-4_5.

27 Vieira, A. L., Da Reintegração dos Primitivos Portugueses, Amigos do Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa (1923).

28 Burnay, L. O., 'Algumas considerações sôbre o restauro das pinturas antigas', Boletim da Academia Nacional de Belas-Artes 14 (1945) 61-70.

29 Rodrigues, F. A., Diccionario Technico e Historico de Pintura, Esculptura, Architectura e Gravura, Imprensa Nacional, Lisboa (1875).

30 Couto, M. T., 'Notas biográficas', in Carlos Bonvalot. 1893-1934, ed. P. Henriques, Instituto Português de Museus, [Lisboa] (1995) 91-95.

31 Figueiredo, J., O Pintor Nuno Gonçalves, Lisboa (1910).

32 Segredos Necessários para os Officios, Artes, e Manufacturas, Offic. de Simão Thaddeo Ferreira, Lisboa (1794).

33 Poleró y Toledo, V., 'Arte de la Restauración. 1855', in Informes y Trabajos del Instituto de Conservación y Restauración de Obras de Arte. 12, Instituto de Conservación y Restauración de Obras de Arte, Madrid (1972) 101-136.

34 Brommelle, N. S., 'Material for a history of conservation: the 1850 and 1853 reports on the National Gallery', Studies in Conservation 2(4) (1956) 176-188.

35 International Museums Office, Manual on the Conservation of Paintings, International Institute of Intellectual Cooperation, Paris (1940).

36 National Gallery, 'The Cleaning of Pictures at the National Gallery', Museum 3(3) (1950) 243-246.

37 Cruz, A. J., 'Imagens em transformação: os painéis da igreja de Santa Maria, de Tavira, encontrados na ermida de São Pedro, e os problemas colocados pelo seu restauro e estudo laboratorial', Conservar Património 2 (2005) 29-53, https://doi.org/10.14568/cp2_4.

38 Conti, A., Sul Restauro, Einaudi, Torino (1987).

39 Anderson, J., 'The first cleaning controversy at the National Gallery 1846-1853', in Appearance, Opinion, Change: Evaluating the look of paintings, United Kingdom Institute for Conservation, London (1990) 3-7.

40 Redgrave, R.; Redgrave, S., A Century of British Painters, 3.ª ed., Phaidon Press Ltd-Oxford University Press, London-New York (1947).

41 Roca y Delgado, M. l., 'Tratado de la Limpieza, Forración y Restauración de las Pinturas al Óleo. 1872', in Informes y Trabajos del Instituto de Conservación y Restauración de Obras de Arte. 12, Instituto de Conservación y Restauración de Obras de Arte, Madrid (1972) 137-144.

42 Couto, J., 'A acção dos físicos e dos químicos nos laboratórios dos museus de arte', Gazeta de Física 1(6) (1948) 161-167.

43 Alves, L. M., 'Do empirismo à ciência. Um olhar sobre o percurso da conservação em Portugal do século XIX à actualidade', Cadernos Conservação & Restauro 3 (2004) 13-21.

44 Neto, M. J. B., 'A propósito da 'descoberta' dos Painéis de São Vicente de Fora. Contributo para o estudo e salvaguarda da 'pintura gothica' em Portugal', Artis - Revista do Instituto de História da Arte da Faculdade de Letras de Lisboa 2 (2003) 219-260.

45 Ruhemann, H., The Cleaning of Paintings. Problems and Potentialities, Frederick A. Praeger, New York (1968).

46 Carvalho, R.; Vitorino, P., '«A Trindade» do Museu do Pôrto, vista aos raios X', Portucale 7(41-42) (1934) 172-179.

47 Pessoa, J., 'Pedro Vitorino e Roberto de Carvalho - A tábua da Trindade, radiografia de um exame feito há setenta anos', in Cores, Figura e Luz. Pintura portuguesa do século XVI na colecção do Museu Nacional de Soares dos Reis, ed. E. Soares, J. A. S. Carvalho, [Instituto Português de Museus], [Lisboa] (2004) 57-65.

48 Cruz, A. J., 'Radiography, art, conservation and politics: Episodes of the introduction of the technical studies of works of art in the museums in Portugal', Museologia - An International Journal of Museology (aceite para publicação).

49 Cruz, A. J., 'Do certo ao incerto: o estudo laboratorial e os materiais do políptico de S. Vicente', in Nuno Gonçalves. Novos Documentos. Estudo da pintura portuguesa do séc. XV, Instituto Português de Museus - Reproscan, Lisboa (1994) 41-45.

Endereço persistente: https://doi.org/10.14568/cp5_4


< Anterior Seguinte >
ARP | Associação Profissional de Conservadores-Restauradores de Portugal