English version
N.º 31
2019
pp. 177-190

 

< Anterior Seguinte >

Nota
Um espelho stumpwork na coleção da Casa-Museu Medeiros e Almeida - análise descritiva e iconográfica

Maria de Lima Mayer

Casa-Museu da Fundação Medeiros e Almeida, Rua Rosa Araújo, 41, 1250-194 Lisboa, Portugal

maria.mayer@casa-museumedeirosealmeida.pt

Resumo

Este texto pretende analisar uma peça da coleção de têxteis do acervo da Casa-Museu Medeiros e Almeida. Trata-se de um espelho de parede de produção inglesa, com uma moldura de bordado, realizado no terceiro quartel do século XVII, cuja decoração inclui a representação do rei Carlos II de Inglaterra e da rainha Catarina de Bragança. A originalidade da peça está no tipo de trabalho de agulha, chamado stumpwork, que resulta da combinação de bordado direto com bordado aplicado sobre enchimento, criando um efeito de relevo. Produzido com uma grande variedade de pontos de agulha e materiais, o stumpwork produziu-se sensivelmente durante a centúria de seiscentos. De modo a compreender e contextualizar a obra, são analisadas vertentes como a época e as razões pelas quais surgiu este curioso trabalho de agulha, as técnicas, os materiais empregues, as temáticas abordadas e as respetivas fontes iconográficas.

Palavras-chave

Espelho
Bordado
Stumpwork
Século XVII
Carlos II
Catarina de Bragança

Idioma

Português

DOI

10.14568/cp2018028

Download

PDF

Importar referência

RIS | Endnote

Citação

Conservar Património | APA | Chicago | NP405 | ABNT

Conservar Património:
Mayer, M. L., 'Um espelho stumpwork na coleção da Casa-Museu Medeiros e Almeida - análise descritiva e iconográfica', Conservar Património 31 (2019) 177-190, https://doi.org/10.14568/cp2018028.

APA:
Mayer, M. L. (2019). Um espelho stumpwork na coleção da Casa-Museu Medeiros e Almeida - análise descritiva e iconográfica. Conservar Património, 31 177-190. DOI:10.14568/cp2018028.

Chicago:
Mayer, Maria de Lima. 2019. "Um espelho stumpwork na coleção da Casa-Museu Medeiros e Almeida - análise descritiva e iconográfica." Conservar Património 31:177-190. doi:10.14568/cp2018028.

NP405:
MAYER, Maria de Lima – Um espelho stumpwork na coleção da Casa-Museu Medeiros e Almeida - análise descritiva e iconográfica. Conservar Património. [Em linha]. 31 (2019) 177-190 [Consult. ]. Disponível em WWW: <URL:https://doi.org/10.14568/cp2018028>. ISSN 21829942.

ABNT:
MAYER, Maria de Lima. Um espelho stumpwork na coleção da Casa-Museu Medeiros e Almeida - análise descritiva e iconográfica. Conservar Património, Lisboa, v. 31, p. 177-190, 2019. Disponível em: <https://doi.org/10.14568/cp2018028>. Acesso em: .

História

Recebido: 2018-6-21
Revisto: 2018-11-26
Aceite: 2018-12-14
Online: 2019-3-6
Publicação: 2019-4-30

Referências

1 Peranteau, A.; Carlson, J.; Mass, J., 'The technical analysis of two pieces of 17th century English embroidery', in Scientific Analysis of Ancient and Historic Textiles: Informing Preservation, Display and Interpretation, eds. P. Wyeth & R. C. Janaway, Archetype Publications, London (2005) 24-30.

2 Leslie, C. A., Needlework through History. Handicrafts through World History - An Encyclopedia, Greenwood Press, Westport, Connecticut (2007) 210-212.

3 Lewandowski, D. E., 'Raised work - stump work. A confusion of terms' (2002), in The Art of Embroidery Heritage Shoppe, http://www.joshuatree-national-park.com/heritageshoppecom/heritage/essays/raisedwork.html (acesso em 2018-11-20).

4 Remington, P., English Domestic Needlework of the XVI, XVII and XVIII Centuries, The Metropolitan Museum of Art, New York (1945).

5 Ashton, L., 'Martha Edlin: a Stuart embroideress', The Connoisseur 323 (1928) 215-223.

6 Kendrick, A. F., 'Embroideries in the collection of Sir Frederick Richmond, Bart', The Connoisseur 95 (1935) 282-288, 317-321.

7 Watt, M., 'English embroidery of the Late Tudor and Stuart Eras' (2010) in Heilbrunn Timeline of Art History, The Metropolitan Museum of Art, https://www.metmuseum.org/toah/hd/broi/hd_broi.htm (acesso em 2018-6-8).

8 Stanley, M., 'Vauxhall Glassworks', in Vauxhall, the Oval and Kennington, https://www.vauxhallandkennington.org.uk/glassworks.shtml (acesso em 2018-6-10).

9 Toulmin, J., The History of Taunton, in the County of Somerset, London (1822).

10 Symonds, R.W., 'Carved and gilt Carolean looking-glasses', The Antique Collector 19(6) (1948) 193-198.

11 Macquoid, P.; Edwards, R., The Dictionary of English Furniture, from the Middle Ages to the Late Georgian Period, vol. 2, Offices of Country Life, London & Charles Scribner's Sons, New York (1924).

Endereço persistente: https://doi.org/10.14568/cp2018028


< Anterior Seguinte >
ARP | Associação Profissional de Conservadores-Restauradores de Portugal