English version
N.º 26
2017
pp. 79-90

 

< Anterior Seguinte >

Nota
A igreja do colégio beneditino de Nossa Senhora da Estrela de Lisboa: génese, destruição e recuperação/reinvenção de um património

Sílvia Ferreira

IHA/FCSH, Universidade NOVA de Lisboa, Avenida de Berna, 26-C, 1069-061 Lisboa, Portugal

silvia.a.s.ferreira@gmail.com

Resumo

A antiga igreja beneditina do colégio de Nossa Senhora da Estrela de Lisboa conheceu ao longo da sua história várias intervenções que lhe moldaram tanto a feição arquitectónica como a dos seus interiores. Reconstruída em inícios de setecentos, a sua história patrimonial é recheada de episódios fracturantes. Em finais do século XVIII, o espaço conventual é ocupado pelo exército. Nos anos trinta de 1900, os militares optam pela venda do espólio artístico da igreja, no entanto, o mesmo exército, em 1946, empreende um esforço de localização das peças originais com vista à reconstrução dos interiores do templo e da sua abertura ao culto. A antiga igreja da Estrelinha apresenta-se actualmente como um caso de estudo exemplar. As múltiplas acções dos agentes responsáveis pelo seu património testemunham, não só o gosto vigente em cada cronologia, mas essencialmente o entendimento do valor patrimonial dos objectos, alvo das diversas acções dos seus responsáveis a cada momento histórico.

Palavras-chave

Beneditinos
Igreja de Nossa Senhora da Estrela
Barroco
Destruição
Reconstrução

Idioma

Português

DOI

10.14568/cp2017009

Download

PDF

Importar referência

RIS | Endnote

Citação

Conservar Património | APA | Chicago | NP405 | ABNT

Conservar Património:
Ferreira, S., 'A igreja do colégio beneditino de Nossa Senhora da Estrela de Lisboa: génese, destruição e recuperação/reinvenção de um património', Conservar Património 26 (2017) 79-90, https://doi.org/10.14568/cp2017009.

APA:
Ferreira, S. (2017). A igreja do colégio beneditino de Nossa Senhora da Estrela de Lisboa: génese, destruição e recuperação/reinvenção de um património. Conservar Património, 26 79-90. DOI:10.14568/cp2017009.

Chicago:
Ferreira, Sílvia. 2017. "A igreja do colégio beneditino de Nossa Senhora da Estrela de Lisboa: génese, destruição e recuperação/reinvenção de um património." Conservar Património 26:79-90. doi:10.14568/cp2017009.

NP405:
FERREIRA, Sílvia – A igreja do colégio beneditino de Nossa Senhora da Estrela de Lisboa: génese, destruição e recuperação/reinvenção de um património. Conservar Património. [Em linha]. 26 (2017) 79-90 [Consult. ]. Disponível em WWW: <URL:https://doi.org/10.14568/cp2017009>. ISSN 21829942.

ABNT:
FERREIRA, Sílvia. A igreja do colégio beneditino de Nossa Senhora da Estrela de Lisboa: génese, destruição e recuperação/reinvenção de um património. Conservar Património, Lisboa, v. 26, p. 79-90, 2017. Disponível em: <https://doi.org/10.14568/cp2017009>. Acesso em: .

História

Recebido: 2017-3-20
Revisto: 2017-4-30
Aceite: 2017-5-25
Online: 2017-6-27

Referências

1 Carvalho, A., 'Novas revelações para a História do Barroco em Portugal', Belas Artes. Revista e Boletim da Academia Nacional de Belas Artes 20 (1964), 45-46.

2 'Carta endereçada ao director da Torre do Tombo', manuscrito, Fundação Calouste Gulbenkian - Biblioteca de Arte, Lisboa, Fundo Robert Chester Smith, caixa 1, documento 3b (1971).

3 Smith, R., 'Dois Estudos Beneditinos', Boletim da Academia Nacional de Belas-Artes, Academia Nacional de Belas-Artes 27 (1972), 69-101.

4 'Mosteiro de Nossa Senhora da Estrela / Hospital Militar Principal', in Sistema de Informação para o Património Arquitectónico (SIPA), http://www.monumentos.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=11277 (acesso em 2016-03-03).

5 Castro, J., Mappa de Portugal Antigo e Moderno, tomo III, parte V, Lisboa (1763), http://purl.pt/436.

6 Costa, A., Corografia Portugueza, Lisboa (1712), http://purl.pt/434.

7 Lima, D. (ed.), História dos Mosteiros, Conventos e Casas Religiosas de Lisboa, Lisboa, Câmara Municipal de Lisboa (1972).

8 Cortes, V., Hospital Militar Principal, Lisboa, Hospital Militar Principal (1992).

9 Reis, C., Do Collegio da Estrella ao Hospital Militar Principal, Lisboa, Hospital Militar Principal (2002).

10 Machado, J., 'André Gonçalves: um pintor do barroco português', tese de doutoramento, Universidade de Évora (1992).

11 Gonçalves, S., 'André Gonçalves e a pintura de cavalete em Portugal no tempo de D. João V (1706-1750). O caminho da internacionalização', dissertação de mestrado, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, Lisboa (2002).

12 Vale, T., 'Tumulária portuguesa do Maneirismo e do Barroco. Surgimento, definição e difusão de tipologias morfológicas e programas iconográficos', projecto de de pós-doutoramento, Fundação para a Ciência e a Tecnologia (2004-2007).

13 'Diatario do Collegio de Nossa Senhora da Estrela da Congregação de S. Bento. Mandado escrever Pello M. R. P. P. Fr. Francisco Pacheco de Santa Maria Mayor Dom Abbade do dito Collegio, 1800', manuscrito, Biblioteca Nacional de Portugal, Lisboa, códice 733 (1800), http://purl.pt/26463.

14 São Thomas, L., Benedictina Lusitana, vol. 2, Coimbra (1651).

15 'Contrato celebrado entre António Gomes Lopes e os religiosos de S. Bento da Estrela', manuscrito, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Lisboa, Cartório Notarial de Lisboa, n.º 1, ofício A, caixa 75, livro 321 (1700).

16 Coutinho, M., 'A Produção portuguesa de obras de embutidos de pedraria policroma (1670-1720)', tese de doutoramento, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2012).

17 Carvalho, A., 'Documentário artístico do primeiro quartel de setecentos, exarado nas notas dos tabeliães de Lisboa', Bracara Augusta 27(63/75) (1973) 48.

18 Carvalho, A., 'Novas revelações para a história do Barroco em Portugal', Belas Artes. Revista e Boletim da Academia Nacional de Belas Artes 20 (1964) 60-62.

19 Gomes, P., 'As iniciativas arquitectónicas dos Teatinos em Lisboa, 1648-1668 (mais alguns elementos)', Penélope - Fazer e Desfazer a História 9-10 (1993) 73-82.

20 Ferreira, S., 'A talha dourada do altar-mor da igreja de Santa Catarina, em Lisboa: a intervenção do entalhador Santos Pacheco', dissertação de mestrado, Universidade Lusíada de Lisboa (2002).

21 'Contrato de execução do retábulo-mor da igreja de Nossa Senhora da Estrela de Lisboa', manuscrito, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Lisboa, Cartório Notarial de Lisboa, n.º 3, caixa 114, livro 488 (1729).

22 'Instrumento de quitação da obra do retábulo-mor da igreja de Nossa Senhora da Estrela de Lisboa', manuscrito, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Lisboa, Cartório Notarial de Lisboa, n.º 3, caixa 114, livro 496 (1730).

23 'Contrato de execução do retábulo da irmandade de Nossa Senhora da Soledade do convento de S. Domingos de Lisboa', manuscrito, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Lisboa, livros do Dist ibuidor, caixa 22, livro 85 (1721).

24 'Contrato de execução da talha da capela da irmandade de Santa Ana e Sagrada Família, sita no convento da Santíssima Trindade de Lisboa', manuscrito, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Lisboa, Cartório Notarial de Lisboa, n.º 3, caixa 111, livro 478 (1727).

25 'Ajuste notarial sobre um prazo foreiro à capela instituída pelo padre António Barbosa', manuscrito, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Lisboa, Hospital de São José, livro 400, documento 50 (1741).

26 'Róis de Confessados da Freguesia da Encarnação', manuscrito, Arquivo Histórico do Patriarcado de Lisboa, Lisboa, livros de 1734 a 1749.

27 Simões, J., 'Arte e sociedade na Lisboa de D. Pedro II - Ambientes de trabalho e mecânica do mecenato', vol. 2, dissertação de mestrado, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2002).

28 Ferreira, S., 'A talha Barroca de Lisboa (1670 - 1720). Os artistas e as obras', vol. 1, tese de doutoramento, Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (2009).

29 'Assento de óbito de José Pereira Lobo', manuscrito, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Lisboa, Arquivo Paroquial da Freguesia da Encarnação, Óbitos (1736-1754).

30 'Assentos de óbito de Domingos Pereira Lobo e de sua mulher', manuscrito, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Lisboa, Arquivo Paroquial da Freguesia da Encarnação, Óbitos (1736-1754).

31 Bluteau, R., Vocabulario Portuguez, e Latino, vol. 1, Coimbra (1712), http://purl.pt/13969.

32 'Convento de Jesus/Mosteiro de Jesus', in Sistema de Informação para o Património Arquitectónico (SIPA), http://www.monumentos.pt/Site/APP_PagesUser/SIPA.aspx?id=32388 (acesso em 2016-03-12).

33 Paulo, J., 'Bernardo da Costa Barradas: Um pintor-dourador de Lisboa (1706-1747)', Cadernos do Arquivo Municipal 1 (2014) 251-275, http://arquivomunicipal.cm-lisboa.pt/fotos/editor2/Cadernos/num1/artigo010.pdf (acesso em 2017-06-22).

34 Flor, P.; Flor, S., Pintores de Lisboa. Séculos XVII-XVIII. A Irmandade de S. Lucas, Lisboa, Scribe (2016).

35 Ferreira, S., 'Dourar e pintar: a polivalência artística dos mestres douradores de Lisboa na época barroca', Conservar Património 22 (2015) 7-16, https://doi.org/10.14568/cp2015017.

36 'Obrigação de empréstimo de duzentos mil réis pedido por João Crisóstomo a Francisco da Silva', manuscrito, Arquivo Nacional da Torre do Tombo, Lisboa, Cartório Notarial de Lisboa, n.º 1, ofício B, caixa 53, livro 585 (1735).

37 Ribeiro, J., 'O anglicanismo em Portugal do século XVII ao XIX', in Estudos de Homenagem ao Professor João Francisco Marques, vol. 2, Porto, Faculdade de Letras da Universidade do Porto (2001) 337-354, http://ler.letras.up.pt/uploads/ficheiros/2879.pdf (acesso em 2017-06-22).

38 'Documentos relativos à venda de artigos religiosos pelo Museu Militar durante os anos de 1930-32', manuscrito, Museu Militar de Lisboa, Lisboa, secção de arquivo, caixa 1.

39 Ferreira, S., 'O Património reinventado: o processo de alienação (1930) e de remontagem do espólio artístico da igreja do convento de Nossa Senhora da Estrela em Lisboa (1940)', in Congresso Ibero-Americano Património, suas Matérias e Imatérias, Lisboa, LNEC (2016), http://www.academia.edu/30254083.

40 'Recibo de 5 de Junho de 1932', manuscrito, Arquivo Paroquial da Igreja de S. João Baptista do Lumiar, Lisboa, Comissão de Reconstrução da Igreja Paroquial do Lumiar.

41 Lima, Pereira de, A Restauração da Capela do Hospital Militar Principal, Lisboa (1950).

42 'Igreja do Hospital Militar da Estrêla. Conclusão da capela e altar-mor', manuscrito, Direcção Geral do Património Cultural/Sistema de Informação para o Património Arquitectónico, Lisboa, DGEMN: DSARH-0061/125-02/8/01.

43 Serrão, V., História da Arte em Portugal. O Barroco, Lisboa, Editorial Presença (2003).

44 'Procuração de António Pimenta Rolim a Manuel Pereira Gavião', manuscrito, Arquivo Naciona da Torre do Tombo, Lisboa, Cartório Notarial de Lisboa, n.º 3 caixa 114, livro 496, fls. 89-89 v.

45 Ferreira, S., 'A extinção das ordens religiosas em 1834 e o seu impacte na obra de talha de Lisboa' in Lisboa e as Ordens Religiosas. Colóquio de História e de História da Arte. Actas, Lisboa, Câmara Municipal de Lisboa (2010) 73-87.

Endereço persistente: https://doi.org/10.14568/cp2017009


< Anterior Seguinte >
ARP | Associação Profissional de Conservadores-Restauradores de Portugal