English version
N.º 24
2016
pp. 73-78

 

< Anterior Seguinte >

Nota
A formação de conservadores-restauradores de bens culturais móveis no Brasil: memórias e trajetória histórica

Aloisio Arnaldo Nunes de Castro

Laboratório de Conservação e Restauração de Papel, Museu de Arte Murilo Mendes, Universidade Federal de Juiz de Fora, Rua Benjamin Constant , n.º 790, Juiz de Fora, Minas Gerais, Brasil

aloisio.arnaldo@gmail.com

Resumo

Neste artigo propõe-se uma reflexão panorâmica sobre a trajetória histórica da formação educacional do conservador-restaurador de bens culturais no âmbito brasileiro, abrangendo o recorte cronológico de 1855 até à década de 2010. Utilizando a análise documental e revisão bibliográfica, investigam-se ainda os marcos teóricos, as influências internacionais e as políticas educacionais e sociais que alicerçaram a formação educacional e a construção desse profissional especializado no âmbito brasileiro.

Palavras-chave

História
Conservação-restauração
Formação profissional
Conservador-restaurador

Idioma

Português

DOI

10.14568/cp2015028

Download

PDF

Importar referência

RIS | Endnote

Citação

Conservar Património | APA | Chicago | NP405 | ABNT

Conservar Património:
Castro, A. A. N., 'A formação de conservadores-restauradores de bens culturais móveis no Brasil: memórias e trajetória histórica', Conservar Património 24 (2016) 73-78, https://doi.org/10.14568/cp2015028.

APA:
Castro, A. A. N. (2016). A formação de conservadores-restauradores de bens culturais móveis no Brasil: memórias e trajetória histórica. Conservar Património, 24 73-78. DOI:10.14568/cp2015028.

Chicago:
Castro, Aloisio Arnaldo Nunes de. 2016. "A formação de conservadores-restauradores de bens culturais móveis no Brasil: memórias e trajetória histórica." Conservar Património 24:73-78. doi:10.14568/cp2015028.

NP405:
CASTRO, Aloisio Arnaldo Nunes de – A formação de conservadores-restauradores de bens culturais móveis no Brasil: memórias e trajetória histórica. Conservar Património. [Em linha]. 24 (2016) 73-78 [Consult. ]. Disponível em WWW: <URL:https://doi.org/10.14568/cp2015028>. ISSN 21829942.

ABNT:
CASTRO, Aloisio Arnaldo Nunes de. A formação de conservadores-restauradores de bens culturais móveis no Brasil: memórias e trajetória histórica. Conservar Património, Lisboa, v. 24, p. 73-78, 2016. Disponível em: <https://doi.org/10.14568/cp2015028>. Acesso em: .

História

Recebido: 2015-12-28
Revisto: 2016-7-22
Aceite: 2016-9-26
Online: 2016-10-26
Publicação: 2016-12-17

Referências

1 'Decreto n.º 805 - de 23 de setembro de 1854. Autorisa o Governo para reformar a Academia das Bellas Artes', in Collecção das Leis do Imperio do Brasil, tomo XV, parte I, Typographia Nacional, Rio de Janeiro (1854) 83-84.

2 Alunos Premiados da Academia Imperial de Belas-Artes, série D, n.º 1, Escola Nacional de Belas-Artes, Rio de Janeiro (1958) 1-2.

3 'Documento n.º 4268. Rio de Janeiro, 13 de dezembro de 1883', manuscrito, Arquivo Museu Dom João VI, Escola de Belas Artes, UFRJ, Rio de Janeiro.

4 Galvão, A., 'Manuel Araújo Porto-Alegre: sua influência na Academia Imperial das Belas Artes e no meio artístico do Rio de Janeiro', Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional 14 (1959) 19-120.

5 'Decreto n.º 983 - de 08 de novembro de 1890. Aprova os Estatutos da Escola Nacional de Belas Artes', in Decretos do Governo Provisorio da Republica dos Estados Unidos do Brazil, Imprensa Nacional, Rio de Janeiro (1890) 3533-3547.

6 Ris-Paquot, O. E., Guide Pratique du Restaurateur-amateur de Tableaux, Gravures, Dessins, Pastels, Miniatures, Henri Laurens, Paris (1890).

7 Secco-Suardo, G., Il Restauratore Dei Dipinti, Ulrico Hoelpi, Milano (1894).

8 'Centenário de Rodolpho Amoedo', in Arquivos da Escola Nacional de Belas-Artes. Oficina Gráfica da Universidade do Brasil, Rio de Janeiro (1957) 16.

9 Barroso, G., Introdução à Técnica de Museus, Gráfica Olímpica, Rio de Janeiro (1946).

10 Castro, A. A. N., 'Do restaurador de quadros ao conservadorrestaurador de bens culturais: o corpus operandi na administração pública brasileira de 1855 a 1980', tese de doutoramento, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, (2013), http://hdl.handle.net/1843/JSSS-9GGJEC (acesso em 2015-5-13).

11 'Viajem de estudos aos Estados Unidos - Edson Motta, Perito em Belas Artes do SPHAN, datilografado, Arquivo Central - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Rio de Janeiro, Série Centro de Restauração de Bens Culturais.

12 Ainsworth, M. W., 'From connoisseurship to technical art history: the evolution of the interdisciplinary study of art', Conservation - The Getty Conservation Institute Newsletter, 20(1) (2005) 4-10.

13 Edson Motta - Pinturas. Catálogo de Exposição Realizada no Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro (1982).

14 Castro, A. A. N., A Trajetória Histórica da Conservaçãorestauração de Acervos em Papel no Brasil, Editora UFJF- FUNALFA, Juiz de Fora (2012) 154-179.

15 'Discurso de João José Rescala ao tomar posse na Escola de Belas Artes/UFBA', datilografado, Arquivo Central - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Rio de Janeiro, Série Centro de Restauração de Bens Culturais (1956).

16 'Carta de Jair Afonso Inácio a Rodrigo Melo Franco, Bruxelas', manuscrito, Arquivo Central - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Rio de Janeiro, Brasil, Série Centro de Restauração de Bens Culturais (1961).

17 'Projeto de auxílio para a formação de técnicos em conservação de obras de arte', datilografado, Arquivo Central - Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Rio de Janeiro, Série Centro de Restauração de Bens Culturais (1967).

18 Veloso, B. R., 'A formação do conservador-restaurador na Universidade Federal de Minas Gerais', dissertação de mestrado, Escola de Belas Artes, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte (1998) 15-28.

19 Castro, A. A. N.; Froner, Y., 'Reflexões sobre o campo da conservação-restauração de bens culturais no Brasil: memórias e desafios historiográficos', in Patrimônio Cultural Plural, ed. Y. D. S. Campos, Arraes Editores, Belo Horizonte (2015) 72-92.

20 Bourdieu, P., 'Le champ scientifique', Actes de la Recherche en Sciences Sociales, 2(2) (1976) 88-104, doi:10.3406/arss.1976.3454.

21 'Projeto de Lei n.º 370, de 2007. Regulamenta a profissão do Conservador-Restaurador de Bens Culturais Móveis e Integrados', Senado Federal, Brasília, http://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/81662 (acesso em 2015-5-13).

22 Philippot, P., 'Restoration from the perspective of the humanities', in Historical and Philosophical Issues in the Conservation of Cultural Heritage, ed. N. S. Price, M. K. Talley Jr. & A. M. Vaccaro, The Getty Consevation Institute, Los Angeles (1996) 216-229.

Endereço persistente: https://doi.org/10.14568/cp2015028


< Anterior Seguinte >
ARP | Associação Profissional de Conservadores-Restauradores de Portugal