Versão em português
N.º 29
2018
pp. 51-62

 

< Previous Next >

Article
The safeguarding and preservation of the Built Heritage in old urban centres: a reflection on traditional stone masonry buildings' structural rehabilitation

José Carlos Domingues1, Tiago Miguel Ferreira2,, João Negrão1 , Romeu Vicente3 

1 Departamento de Engenharia Civil, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, 3030-790 Coimbra, Portugal

2 ISISE – Departamento de Engenharia Civil, Universidade do Minho, 4800-058 Guimarães, Portugal

3 RISCO – Departamento de Engenharia Civil, Universidade de Aveiro, 3810-193 Aveiro, Portugal

* tmferreira@civil.uminho.pt

Abstract

Following years of lack of maintenance, the high levels of degradation reached by a great part of the Portuguese old urban centres pose a threat not only to the building stock but also to an intangible heritage, composed of social relations, habits, customs and traditions. These areas constitute, in fact, an important heritage, that must be protected and enhanced, both through social revitalization and building rehabilitation. Based on this understanding, this article's objective is to reflect on the current state of the structural rehabilitation processes of the traditional stone masonry buildings, which make up the old urban centres, not only in Portugal but throughout Mediterranean Europe. It is understood that their constructive technology, different from the one that has been used in more recent decades, requires specific knowledge, approaches and methodologies, under penalty of compromising the historical authenticity and structural security of this heritage with under informed interventions.

Keywords

Old urban centres
Structural rehabilitation
Stone masonry buildings
Conservation
Built Heritage

Language

Portuguese

Original title

Salvaguarda e preservação do Património Edificado em núcleos urbanos antigos: uma reflexão sobre a reabilitação estrutural de edifícios tradicionais em alvenaria de pedra

DOI

10.14568/cp2017030

Download

PDF

Download citation

RIS | Endnote

Citation

Conservar Património | APA | Chicago | NP405 | ABNT

Conservar Património:
Domingues, J. C.; Ferreira, T. M.; Negrão, J.; Vicente, R., 'Salvaguarda e preservação do Património Edificado em núcleos urbanos antigos: uma reflexão sobre a reabilitação estrutural de edifícios tradicionais em alvenaria de pedra', Conservar Património 29 (2018) 51-62, https://doi.org/10.14568/cp2017030.

APA:
Domingues, J. C., Ferreira, T. M., Negrão, J., & Vicente, R. (2018). Salvaguarda e preservação do Património Edificado em núcleos urbanos antigos: uma reflexão sobre a reabilitação estrutural de edifícios tradicionais em alvenaria de pedra. Conservar Património, 29 51-62. DOI:10.14568/cp2017030.

Chicago:
Domingues, José Carlos, Tiago Miguel Ferreira, João Negrão, and Romeu Vicente. 2018. "Salvaguarda e preservação do Património Edificado em núcleos urbanos antigos: uma reflexão sobre a reabilitação estrutural de edifícios tradicionais em alvenaria de pedra." Conservar Património 29:51-62. doi:10.14568/cp2017030.

NP405:
DOMINGUES, José Carlos [et al.] – Salvaguarda e preservação do Património Edificado em núcleos urbanos antigos: uma reflexão sobre a reabilitação estrutural de edifícios tradicionais em alvenaria de pedra. Conservar Património. [Em linha]. 29 (2018) 51-62 [Consult. ]. Disponível em WWW: <URL:https://doi.org/10.14568/cp2017030>. ISSN 21829942.

ABNT:
DOMINGUES, José Carlos et al. Salvaguarda e preservação do Património Edificado em núcleos urbanos antigos: uma reflexão sobre a reabilitação estrutural de edifícios tradicionais em alvenaria de pedra. Conservar Património, Lisboa, v. 29, p. 51-62, 2018. Disponível em: <https://doi.org/10.14568/cp2017030>. Acesso em: .

History

Received: 2017-6-5
Accepted: 2018-1-16
Online: 2018-1-23
Publication: 2018-9-29

References

1 Ferreira, T.; Santos, C.; Vicente, R.; Mendes da Silva, J., ‘Caracterização arquitectónica e construtiva do património edificado do núcleo urbano antigo do Seixal’, Conservar Património 17 (2013) 21-38, https://doi.org/10.14568/cp2012008.

2 Conferência Internacional sobre Conservação Cracóvia 2000, ‘Carta de Cracóvia: princípios para a conservação e o restauro do Património construído’ (Cracóvia, 2000), in Património Cultural, Direção Geral do Património Cultural, http://www.patrimoniocultural.gov.pt/media/uploads/cc/cartadecracovia2000.pdf (acesso em 2018-1-23).

3 Choay, F., ‘L’Allégorie du Patrimoine’, Éditions du Seuil, Paris (1992).

4 Jokilehto, J., ‘A history of architectural conservation – The contribution of English, French, German and Italian thoughts towards an international approach to the conservation of Cultural Property’, tese de doutoramento, Universidade de York, York (1986).

5 Escritório Internacional dos Museus, Sociedade das Nações, ‘Carta de Atenas para o restauro dos monumentos históricos’ (Genebra, 1931), in Património Cultural, Direção Geral do Património Cultural, http://www.patrimoniocultural.gov.pt/media/uploads/cc/CartadeAtenas.pdf (acesso em 2018-1-23).

6 Conselho Internacional de Monumentos e Sítios, ‘Carta internacional de conservação e restauro dos monumentos e sítios’ (Paris, 1964), in Património Cultural, Direção Geral do Património Cultural, http://www.patrimoniocultural.gov.pt/media/uploads/cc/CartadeVeneza.pdf (acesso em 2018-1-23).

7 Conselho Internacional de Monumentos e Sítios, ‘Resolução do simpósio sobre a introdução da arquitectura contemporânea em grupos antigos de edifícios’ (Paris, 1972), in Associação de Estudo e Defesa do Património Histórico-cultural de Santarém, http://www.patrimonio-santarem.pt/imagens/3/introducao_da_arquitectura_contemporanea_em_grupos_antigos_de_edificios.pdf (acesso em 2018-1-23).

8 Conselho Internacional de Monumentos e Sítios, ‘Resoluções de Bruges – Princípios da reabilitação de cidades históricas’ (Paris, 1972).

9 Conselho Internacional de Monumentos e Sítios, ‘Resoluções do simpósio internacional sobre a conservação de cidades históricas pequenas’ (Paris, 1975), in Associação de Estudo e Defesa do Património Histórico-cultural de Santarém, http://www.patrimonio-santarem.pt/imagens/3/conservacao_das_pequenas_cidades_historicas.pdf (acesso em 2018-1-23).

10 Conselho da Europa, Estrasburgo, ‘Carta europeia do Património Arquitectónico’ (1975), in Património Cultural, Direção Geral do Património Cultural, http://www.patrimoniocultural.gov.pt/media/uploads/cc/CARTAEUROPEIADOPATRIMONIOARQUITECTONICO.pdf (acesso em 2018-1-23).

11 Congresso sobre o Património Arquitectónico Europeu, ‘Declaração de Amesterdão’ (Amesterdão, 1975), in Associação de Estudo e Defesa do Património Histórico-cultural de Santarém, http://www.patrimonio-santarem.pt/imagens/3/declaracaodeamsterdam.pdf (acesso em 2018-1-23).

12 Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, ‘Recomendações acerca da salvaguarda e papel contemporâneo das zonas históricas’ (Paris, 1976), in Associação de Estudo e Defesa do Património Histórico-cultural de Santarém, http://www.patrimonio-santarem.pt/imagens/3/Recommendation_Concerning_the_Safeguarding_and_Contemporary_Role_of_Historic_Areas__1976_.pdf (acesso em 2018-1-23).

13 Conselho Internacional de Monumentos e Sítios, ‘Carta internacional para a salvaguarda das cidades históricas’ (Paris, 1987), in Património Cultural, Direção Geral do Património Cultural, http://www.patrimoniocultural.gov.pt/media/uploads/cc/CARTAINTERNACIONALPARASALVAGUARDDASCIDADESHISTORICAS.pdf (acesso em 2018-1-23).

14 Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, ‘Convenção para a salvaguarda do Património Cultural Imaterial’ (Paris, 2003), in Associação de Estudo e Defesa do Património Histórico-cultural de Santarém, http://www.patrimonio-santarem.pt/imagens/3/conv_pat_imaterial.pdf (acesso em 2018-1-23).

15 Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura, ‘Recomendação para a salvaguarda da cultura tradicional e popular’ (Paris,1989), in MatrizPCI, Direção-Geral do Património Cultural, http://www.matrizpci.dgpc.pt/matrizpci.web/Recursos/RecursosUtilitariosListar.aspx?TipoUtilitario=1 (acesso em 2018-1-23).

16 Oliveira, E.; Galhano F., Portugal de Perto. Arquitectura Tradicional Portuguesa, Dom Quixote, Lisboa (2003).

17 Pinho, F., ‘Paredes de alvenaria ordinárias. Estudo experimental com modelos simples e reforçados’, dissertação de doutoramento, Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, Lisboa (2007).

18 Appleton, J., ‘Edifícios antigos – Contribuição para o estudo do seu comportamento e das acções de reabilitação a empreender’, programa de investigação apresentado a concurso para provimento na categoria de investigador-coordenador, Laboratório Nacional de Engenharia Civil, Lisboa (1991).

19 Binda, L.; Saisi, A.; Tiraboschi, C., ‘Investigation procedures for the diagnosis of historic masonries’, Construction and Building Materials 14 (2000) 199-233, https://doi.org/10.1016/S0950-0618(00)00018-0.

20 Jerónimo, R., ‘Avaliação do desempenho higrotérmico e do conforto de edifícios rurais reabilitados”, tese de doutoramento, Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, Porto (2015).

21 Binda, L.; Saisi, A., ‘State of the art of research on historic structures in Italy’, in Proceedings of 11th Advanced Research Initiation Assisting and Developing Networks in Europe Workshop, Prague (2002).

22 Huerta, S., ‘Mechanics of masonry vaults: The equilibrium approach’, in Proceedings of the 3rd International Seminar on Structural Analysis of Historical Constructions, ed. P. B. Lourenço & P. Roca, Guimarães (2001) 47-69.

23 Conselho Internacional de Monumentos e Sítios, ‘Carta do Património vernacular construído’ (Paris, 1999), in Associação de Estudo e Defesa do Património Histórico-cultural de Santarém, http://www.patrimonio-santarem.pt/imagens/3/carta_sobre_o_patrimonio_construido_vernaculo.pdf (acesso em 2018-1-23).

24 Valluzzi, M. R., ‘On the vulnerability of historical masonry structures: Analysis and mitigation’, Materials and Structures 40 (2007) 723-743, https://doi.org/10.1617/s11527-006-9188-7.

25 Mascarenhas, J. M., Técnicas Tradicionais de Construção de Alvenarias. A Literatura Técnica de 1750 a 1900 e o seu Contributo para a Conservação de Edifícios Históricos, Livros Horizonte, Lisboa (2002).

26 Conselho Internacional de Monumentos e Sítios, ‘Recomendações para a análise, conservação e restauro estrutural do Património Arquitectónico’ (Paris, 2003), in Associação de Estudo e Defesa do Património Histórico-cultural de Santarém, http://www.patrimonio-santarem.pt/imagens/3/carta_do_icomos_2003_recomendacoes.pdf (acesso em 2018-1-23).

27 Carocci, C., ‘Guidelines for the safety and preservation of historical centres in seismic areas’, in Proceedings of the 3rd International Seminar on Structural Analysis of Historical Constructions, ed. P. B. Lourenço & P. Roca, Guimarães (2001) 145-165.

28 Vicente, R., ‘Estratégias e metodologias para intervenções de reabilitação urbana. Avaliação da vulnerabilidade e do risco sísmico do edificado da Baixa de Coimbra’, dissertação de doutoramento, Departamento de Engenharia Civil da Universidade de Aveiro, Aveiro (2008).

29 Warnecke, P., ‘Tragverhalten und konsolidierung von historischem natursteinmauerwerk’, dissertação de doutoramento, Technische Universität Braunschweig, Braunschweig (1995).

30 Almeida, C., ‘Paredes de alvenaria do Porto. Tipificação e caracterização experimental’, dissertação de doutoramento, Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, Porto (2013).

31 Cóias, V., Projecto RECOPAC - Reabilitação Estrutural de Edifícios Antigos – Técnicas Pouco Intrusivas, Stap, S.A. e Universidade do Algarve (2007).

32 ‘Decreto-Lei n.º 307/2009 – Regime jurídico da reabilitação urbana’, Diário da República – Série I 209 (2009-10-23) 7956-7975, http://data.dre.pt/eli/dec-lei/307/2009/p/cons/20170727/pt/html.

33 ‘Resolução da Assembleia da República n.º 102/2010 – Adopção de medidas para reduzir os riscos sísmicos’, Diário da República – Série I 155 3317 (2010-8-11), http://data.dre.pt/eli/resolassrep/102/2010/08/11/p/dre/pt/html.

34 ‘Decreto-Lei n.º 555/99 – Regime jurídico da urbanização e edificação’, Diário da República – Série I-A 291 (1999-12-16) 8912-8942, http://data.dre.pt/eli/dec-lei/555/1999/12/16/p/dre/pt/html.

35 ‘Decreto-Lei n.º 214-G/2015 – Regime jurídico da urbanização e edificação’, Diário da República – Série I 193(3.º suplemento) (2015-10-2) 8588-(12)-8588-(108), http://data.dre.pt/eli/dec-lei/214-g/2015/10/02/p/dre/pt/html.

36 ‘Decreto-Lei n.º 53/2014 – Regime excepcional de reabilitação de edifícios e fracções’, Diário da República – Série I 69 (2014-4-8) 2337-2340, http://data.dre.pt/eli/dec-lei/53/2014/04/08/p/dre/pt/html.

37 ‘Decreto-Lei n.º 194/2015 – Regime excepcional de reabilitação de edifícios e fracções’, Diário da República – Série I 179 (2015-9-14) 7899-7922, http://data.dre.pt/eli/dec-lei/194/2015/09/14/p/dre/pt/html.

38 Vicente, R.; Mendes da Silva, J.; Varum, H., ‘Strategies for building pathology reports in a urban rehabilitation process’, in Proceedings of the 10th International Conference on Durability of Building Materials and Components, ed. J-L. Chevalier, CIB, Lyon (2005).

39 ‘Decreto-Lei n.º 140/2009 – Regime jurídico dos estudos, projectos, relatórios, obras ou intervenções sobre Bens Culturais classificados, ou em vias de classificação, de Interesse Nacional, de Interesse Público ou de Interesse Municipal’, Diário da República – Série I 103 (2015-6-15) 3653-3659, http://data.dre.pt/eli/dec-lei/140/2009/06/15/p/dre/pt/html.

40 ‘Lei n.º 41/2015 – Regime jurídico aplicável ao exercício da actividade da construção’, Diário da República – Série I 107 (2015-6-3) 3514-3549, http://data.dre.pt/eli/lei/41/2015/06/03/p/dre/pt/html.

41 Machado, J. S.; Cruz, H.; Nunes, L., ‘Mitos e factos relacionados com o desempenho de elementos de madeira em edifícios’, in Actas do 3.º Encontro sobre Conservação e Reabilitação de Edifícios, LNEC, Lisboa (2003) 1281-1290.

42 European Committee for Standardisation, ‘EN 1998-3:2005 – Eurocode 8: Design of structures for earthquake resistance. Part 3: Assessment and retrofitting of buildings’, Brussels (2005).

43 Borri, A.; de Maria, A., ‘Eurocode 8 and Italian Code. A comparison about safety levels and classification of interventions on masonry existing buildings’, in Proceedings of the “Eurocode 8 Perspectives from the Italian Standpoint” Workshop, ed. E. Cosenza, Doppiavoce, Napoli (2009).

44 European Committee for Standardisation, ‘EN 1996-1-1:2005 – Eurocode 6: Design of masonry structures. Part 1-1: General rules for reinforced and unreinforced masonry structures’, Brussels (2005).

45 Roque, J., ‘Reabilitação estrutural de paredes antigas de alvenaria’, tese de mestrado, Escola de Engenharia da Universidade do Minho, Guimarães (2002).

Stable url: https://doi.org/10.14568/cp2017030


< Previous Next >
ARP | Associação Profissional de Conservadores-Restauradores de Portugal